terça-feira, 20 de outubro de 2009


DIDÁTICA, IDENTIDADE ROFISSIONAL E CONTEXTUALIZAÇÃO DA PRÁTICA DOCENTE (Maria Fani Scheibel)

Didática: aspectos históricos

A palavra didática ( do grego didaske in) pode ser definida como arte ou técnica de ensinar.O vocábulo referido é um adjetivo derivado do verbo didask, que indica a realização lenta através do tempo , própria do processo de instruir.

Didática: concepção e objeto


É necessário pensa na Didática além de uma simples renovação nas formas de ensinar e aprender.O desafio não reside somente no surgimento ou criação de ovos procedimentos de ensino, ou em mais uma forma de facilitar o trabalho do educador e a aprendizagem do educando.Mas do que isso, a Didática tem como compromisso buscar práticas pedagógicas que
npromovam um esino realmente eficiente, com significado e sentido para educandos, e que contribuam para a transformação social.(Maria Fani Scheibel)


Concepções

Garcia e Garcia( apud Oliveira, 1988)
Didática é a área do conhecimento que, embora se utilize de conquistas de outras áreas, estando inserida no tronco comum das ciências da Educação, tem objeto próprio, definindo-se como ciência do ensino.
nLibâneo( 2006)
Nos dias atuais , a Didática tem sido relacionada fortemente com questões que envolvem o desenvolvimento de funções cognitivas, visando a aprendizagem autônoma.

Luckesi ( 1994) Afirma que a Didática configura-se como o direcionamento imediato da prática do ensino e da aprendizagem, articulando proposições teóricas com prática escolar...

...é a mediação necessária para transformar teoria pedagógica em prática pedagógica


O objeto de estudo da Didática



Candau (1984, p.13)” está sempre presente, de forma direta ou indireta, no relacionamento humano”.
André(1997) é o planejamento e seleção de experiências de aprendizagem que permitam aos alunos reorganizar seus esquemas ,estabelecendo relações entre os conhecimentos que já possuí e os novos, criando novos significados.

A Didática e a construção da identidade profissional

Na visão de vários autores, a identidade profissional é um processo de construção do sujeito historicamente situado.A profissão de professor, como as demais, emerge em dado contexto e momento histórico, respondendo a necessidades da sociedade.Assim, algumas profissões desaparecem, enquanto outras surgem.(Maria Fani Scheibel)

Como se dá construção da identidade profissional desse professor?

Baseia –se em alguns fatores, tais como:
Significação social da profissão;
Revisão constante dos significados sociais da profissão;
Revisão das tradições;
Reafirmação de prática consagradas culturalmente e que permaneceram significativas( resistente a inovações)

A Didática e a formação de professores

Segundo Libâneo (1994), a formação do educador inclui:
Dimensão teórico-científica:Formação acadêmica específica( línguas; História, Geografia, Pedagogia,Educação Física,Química,Artes Visuais,Matemática,Biologia, entre outras) e formação pedagógica(Filosofia da Educação, Sociologia da Educação, História da Educação, entre outras.

A Didática e a formação de professores

Dimensão de caráter técnico-prático: formação específica para a prática docente.( Didática, Metodologia,Pesquisa Educacional,Psicologia da Educação)

A Didática e a formação de professores

No texto Educação e Sociedade: redenção, reprodução e transformação,Luckesi, escreve sobre o sentido que pode ser dado à Educação na sociedade.O autor afirma que para o professor agir com um nível significativo de consciência na sua prática docente, precisa compreender o significado filosófico que dá noção a essa prática e o significado político que direciona sua ação pedagógica.

A Didática e a formação de professores

Dependendo desses dois sentidos, a Educação pode ser classificada como:
•Redentora
•Reprodutora
•Transformadora


A Didática e a formação de professores

•Educação como redenção da sociedade;
•Educação como reprodução da sociedade;
•Educação como transformação da sociedade.

A relação da teoria-prática na formação do educador

A prática de pensar a prática é a melhor maneira de aprender a pensar certo.O pensamento que ilumina a prática é por ela iluminada tal como a prática que ilumina o pensamento é por ele iluminado( Paulo Freire)

A relação da teoria-prática na formação do educador

Candau e Lelis( apud Veiga, 1989,p.18) agruparam a teoria e a prática em duas visões :
• visão dicotômica: teoria e prática são separadas, pode ainda ser classificada como dicotômica dissociativa ( quando seus componentes estão isolados e opostos),ou dicotômica associativa( caracterizada por apresentar a teoria e a prática como pólos separados, mas não são opostos)

A relação da teoria-prática na formação do educador

•visão de unidade:teoria e prática estão vinculadas, e a união entre elas é assegurada pela relação simultânea e recíproca, de autonomia e dependência de uma em relação à outra(Candau, 1989,p.54)

A relação da teoria-prática na formação do educador

Para Veiga(1989) a visão dicotômica produz uma prática pedagógica repetitiva onde há o rompimento da teoria e da prática.Assim como a visão de unidade produz uma prática pedagógica reflexiva , onde não há o rompimento da unidade entre teoria e prática, propiciando um caráter criador á prática social que define e orienta a ação pedagógica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário